Preservativo Feminino

1O que é?

É um método de barreira que consiste num invólucro delgado e transparente que se coloca confortavelmente na vagina. Tem anéis flexíveis de ambos lados: um deles, na extremidade fechada, ajuda a inserir o preservativo; o outro, que está na extremidade aberta, fica no exterior da vagina.

Os preservativos femininos são feitos de diversos materiais tais como látex, poliuretano e nitrilo.

Atuam formando uma barreira que mantém o esperma fora da vagina, prevenindo a gravidez.

Com a utilização típica (inclui a utilização inconsistente ou incorreta) do preservativo feminino, 21 em cada 100 mulheres tiveram uma gravidez indesejada durante o primeiro ano, e 5 em cada 100 com a utilização ideal (utilização de acordo as instruções de utilização) deste método.

Protege contra infeções sexualmente transmissíveis (IST), como o VIH/SIDA.

2Como se utiliza?

Utilize um preservativo novo de cada vez que tenha relações sexuais. 

Pode colocar o preservativo a qualquer momento antes de ter relações sexuais, mas sempre antes de o pénis tocar na vagina ou na área genital. Segure no preservativo pelo extremidade fechada e aperte o anel interno entre o polegar e o dedo médio. Mantenha o dedo indicador no interior do anel de modo a auxiliar na inserção do preservativo na vagina. Com a outra mão, separe os lábios vaginais, introduza o preservativo na vagina e empurre-o para o interior. A seguir, introduza o dedo indicador, médio ou ambos através da abertura até sentir o anel interior. Empurre esse anel interior o mais profundamente dentro da vagina possível. O anel interior do preservativo estará colocado mesmo por cima do seu osso púbico.

3Será este o método adequado para si?

Pode interessar-lhe se:

  • Quiser um contracetivo que não tenha efeitos secundários graves.
  • Quiser um método contracetivo que a proteja contra infeções sexualmente transmissíveis (IST), como o VIH/SIDA.
  • Quiser um método que se possa utilizar imediatamente após o parto e/ou durante a amamentação.

Tenha cuidado:

  • Precisa de se assegurar de que o pénis está no preservativo e não entre o preservativo e a vagina.
  • É necessário utilizá-lo corretamente em cada relação sexual para uma maior ação contracetiva.

Referências:

PT-NON-110054 07/2021